São Pedro recebe investimentos na agricultura orgânica

Ação conjunta entre Secretaria de Agricultura e Sindicato Rural promove capacitação de produtores rurais da região 

 Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento 

Depois dos impactos positivos da edição inaugural do curso de Produção de Tomate Orgânico, realizado em 2018, a Casa da Agricultura de São Pedro e o Sindicato Rural repetiram a parceria e deram início, em março, à segunda edição da capacitação, que atraiu um grande número de interessados. A ação conjunta ocorre em parceria com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

"Por ser um curso extremamente prático, tivemos que limitar o número de participantes a 15, porém a demanda para o ano que vem já está grande", salienta o engenheiro agrônomo Leandro Biral, responsável pela Casa da Agricultura de São Pedro, município do interior de São Paulo.

Próximo do fim da edição de 2019, o profissional relata a dinâmica das aulas. "Contamos com uma parte prática e outra teórica, mas a ênfase é na prática, realizada na Chácara Videira, propriedade de um casal que pratica uma agricultura diversificada, tendo como carro-chefe a uva", acrescenta Leandro Biral.

Demanda

O agrônomo atribui a crescente demanda por capacitação na área de produção orgânica a alguns fatores. "Trabalhamos com as temáticas orgânica e agroecológica no município desde 2015, mas agora ampliamos e melhoramos a divulgação dos cursos promovidos. Outros fatores também influenciaram, como a atual crise econômica, na qual muitas pessoas atribuem à atividade agrícola uma forma de reestruturação econômica", completa.

Um fator de destaque no curso é a presença de produtores rurais convencionais interessados na transição para a agricultura orgânica. "Eles têm contribuído muito com a dinâmica do curso, pois trazem suas dúvidas e podemos esclarecer dúvidas, apresentar as tecnologias disponíveis que gerem impacto real na resolução dos problemas", salienta o engenheiro agrônomo.

"Por fazer a comercialização de seus produtos na feira e estar em contato direto com os consumidores, eles também têm sido canais para nos mostrar a verdadeira demanda por produtos orgânicos e de bases sustentáveis", finaliza Leandro Biral.