Especialistas recomendam o uso do mel natural para tratar a tosse

A utilização frequente de antibióticos para tratamento de tosses leves pode desencadear resistência bacteriana

Fonte: Veja

Quando estiver com tosse, prefira como opção de tratamento o mel natural no lugar de antibióticos, aconselham novas diretrizes de saúde do Instituto Nacional de Saúde e Cuidados Excellence (NICE, na sigla em inglês) e a Public Health England (PHE), na Inglaterra. De acordo com especialistas, as tosses podem ser facilmente tratadas dentro de poucas semanas sem a necessidade de antibióticos.

A combinação do mel com limão, gengibre ou bebidas quentes também é um remédios caseiro clássico e efetivo para tosses e dores de garganta. (iStock/Getty Images)
A combinação do mel com limão, gengibre ou bebidas quentes também é um remédios caseiro clássico e efetivo para tosses e dores de garganta. (iStock/Getty Images)

"Se alguém tem nariz escorrendo, dor de garganta e tosse, esperamos que o problema seja resolvido dentro de duas a três semanas, portanto, os antibióticos não são necessários", disse Tessa Lewis, presidente do grupo de orientação antimicrobiana da NICE, ao The Independent. A procura por um clínico só é recomendada no caso de tosse prolongada que cause falta de ar ou se o indivíduo sentir que está de fato muito doente e não consegue melhorar sem medicação.

Para casos especiais, como tosse aguda ou condição preexistente (doença pulmonar ou fibrose cística), aconselha-se procurar o médico o mais rápido possível. "Esta diretriz dá aos profissionais de saúde e pacientes as informações necessárias para fazer boas escolhas sobre o uso de antibióticos. Encorajamos somente quando uma pessoa está em risco de complicações posteriores", comentou Mark Baker, diretor do centro de diretrizes do NICE, ao The Telegraph